Modacad - Blog para confecções estilistas e modelistas | BlogModacad

Ver tecidos em modelos | Moldes de roupas | Pesquisa de moda - Modacad

Glossário: elementos de alfaiataria

Para finalizar nossa série sobre Alfaiataria, preparamos um glossário visual com exemplos de cada um dos principais elementos que definem os trajes de alfaiataria. São modelos de abotoamentos e lapelas de blazers, bolsos de calça social, punhos, golas e colarinhos de camisa social.

Abotoamento dos paletós

.
Os abotoamentos são tão importantes em um modelo de paletó que, em aluns casos, definem o nome do modelo. Um exemplo disso é o "jaquetão", modelo de paletó de terno, costume ou de blazer masculino, definido pelo "abotoamento duplo" de 4 botões.

Os abotoamentos de paletós partem da cintura e crescem em número de botões para cima e para baixo.

Abotoamento duplo

O termo terno, costume ou blazer de "abotoamento duplo" é usado para definir todos os abotoamentos de paletós com trespasse das partes direita e esquerda, cobrindo uma área maior do que uma faixa estreita no centro do corpo.

O trespasse destes abotoamentos tem a largura de 2 botões lado a lado, mais o espaço entre eles definido pelo estilista, com um afastamento da beirada. Portanto, estes abotoamentos têm no mínimo 2 botões, quando localizado na cintura, podendo ter 4, 6 e até 8 botões.
.
01blogModacad-blazers-abotoamento-duplo-1
.

blogmodacad-abotoamento-duplo Modelo com abotoamento duplo (Fonte: sakkmesterke)

.

Abotoamento simples

O termo terno, costume ou blazer de "abotoamento simples" é usado para definir os abotoamentos com trespasse das partes direita e esquerda cobrindo apenas uma área estreita da faixa do centro do corpo.

O trespasse destes abotoamentos tem a largura de 1 botão, com um afastamento da beirada. Este tipo de abotoameto pode ter 1 botão, quando localizado na cintura, podendo ter 2, 3, 4 e, em um menor número de casos, até 5 botões.

O "abotoamento simples" mais usado na alaiataria masculina é o de 3 botões e por isso é frequente ouvirmos estes modelos serem chamados de ternos de "três botões", costume ou blazer de "três botões".
.
02blogModacad-blazers-abotoamento-simples-1
.

blogmodacad-glossario-terno-abotoamento-simples Modelo com abotoamento simples (Fonte: SrdjanPav)

.
Na alfaiataria feminina usamos todos estes abotoamentos e nenhuma destas nomenclaturas.

Como a moda feminina se esmera em variar, laçando novos estilos a cada temporada, na busca por originalidade estes abotoamentos não obedecem regras.

É possível ver abotoamentos de trespasses simples e duplos de mais de 10 botões e até mesmo, abotoamentos sem trespasse algum! Bons exemplos disso são blazers e spencers com fechamento em zipper ou em botões forrados com casa de alça.

Abotoamento sem trespasse

.
07blogModacad-blazers-abotoamentosemtrespasse
.
Às vezes estes fechamentos sem trespasse são descritos como fechamento "beijando" as partes. Mas isso é apenas uma descrição, não chega a ser um nome.
.

blogmodacad-glossario-terno-sem-trespasse- (Fonte: NYS444)

.

Lapelas

.
Lapela é o nome da face dobrada do acabamento de um paletó, que vai do final do seu abotoamento, até o início da sua gola.

A lapela pode ter diferentes modelos.

Lapela Notched ou Notch

Este modelo de lapela tem o recorte com a ponta triangular, que forma um espaço também triangular entre a lapela e a gola.

É um modelo discreto porque a ponta da lapela é quase tão estreita quanto a gola e por isso é mais indicado para paletós de abotoamento simples.

Este modelo é adequado para todos os estilos de terno, dos mais formais aos mais informais e, por este motivo, podemos supor que está presente em 90% dos ternos masculinos de abotoamento simples.

Por ser um modelo tão usado, a tanto tempo, a originalidade dos modelos fica por conta da escolha do tecido e da composição do look com peças e acessórios recém lançados na moda.
.
06blogModacad-blazers-lapela-Notched-ou-Notch
.

blogmodacad-glossario-lapela-Notched-ou-Notch (Fonte: Dream_Art)

.

Lapela Peaked ou Peak

Este modelo de lapela é clássico e imponente. Sua forma é mais larga e a ponta da lapela é projetada para cima, acompanhando a beirada da gola. A ponta é alongada e bem maior do que a largura da gola.

Portanto, seu desenho aponta para cima. Em aluns casos a ponta pode apontar para o lado e, mesmo sendo tão larga, nesse caso, ela não fica encostada na gola. Essas pequenas variações são mais frequentes na alaiataria feminina que não segue as regras a risca.

Este modelo de lapela fica bem em ternos de abotoamento duplo, por causa da sua largura, mas também pode ser usado nos de abotoamento simples. Ternos de risca de giz, de abotoameto simples, com esta lapela são um clássico da alfaiataria a mais de século.

Este modelo de lapela dá muito destaque aos paletós, por isso a escolha do tecidos e dos acessórios deve ser bem cuidadosa para não correr o risco da elegância discreta se transformar em espetáculo chamativo.
.
03blogModacad-blazers-lapela-peaked-1
.
Gordinhos podem se beneficiar com este modelo de lapela, porque ele chama a atenção para os ombros e rosto.
.

blogmodacad-glossario-lapela-peaked-man-suit-male-wedding-bride-groom-87435-pxhere.com (Fonte: Pxhere)

.

Lapela smoking

Seu modelo é estreito e sem cortes ou pontas. A lapela smoking é inteiriça, isto é, ela é unida com a gola, terminando no meio da nuca. Por ser estreita, ela é bem discreta. Sua marca é a elegância clássica.

No smoking, esta lapela é feita em um tecido diferente, com brilho, para destacar este elemento no modelo. O destaque é tamanho, que é costume chamar este modelo de "lapela smoking" quando ela é usada em outros tipos de trajes.

É uma lapela tão elegante e versátil, que na confecção feminina também é usada em vestidos e camisas, formais e informais, além é claro, de ser usada em todos os tipos de paletós e coletes de alfaiataria mesmo.
.

04blogModacad-blazers-lapela-smoking

.

blogmodacad-glossario-smoking-1 (Fonte: feedough)

.

Lapela Shawl ou Xale

Seu modelo é inteiriço, unido com a gola como a lapela smoking. Também é sem pontas porque não tem recortes.

O que destaca esta lapela da lapela smoking é sua forma abaulada na parte mais baixa, lembrando um xale que fica mais estreito na parte que enrola o pescoço e mais aberto nas pontas que ficam soltas.

Sua semelhança com a lapela smoking dá o mesmo tom de discreção e a elegância aos modelos de paletós.
.
05blogModacad-blazers-lapela-sha-ou-xale
.

blogmodacad-glossario-shawl-ou-xale (Fonte: merteren)

Punhos

.
Os punhos são o acabamento das pontas das mangas de uma peça, quando não finalizadas com bainha.

Este elemento confere distinção e destaque à camisas e também à blusas e vestidos, incluindo peças de malharia, como por exemplo, os moletons. Vamos falar agora dos punhos da camisaria social, usada em todos os trajes da alfaiataria.

Os punhos são tão marcantes em uma camisa, que muitas vezes eles definem o nome do seu modelo. Uma camisa social pode ser chamada de camisa de "punhos duplos" ou de "punhos simples".

Punho duplo

É o punho dobrado. Este modelo é o indicado para o uso de abotoaduras. É um modelo de punho muito tradicional e por isso está íntimamento ligado à ideia de formalidade. É o punho oficial da camisa social.

Nunca é usado na confecção de camisas esporte masculinas.
13blogModacad-punho-duplo-2
Já nas camisas femininas é confeccionado com botões, em camisas de todos os estilos, inclusive em mangas de diferentes comprimentos, além da manga comprida. É uma escolha do estilista desenhar um modelo de camisete com um punho duplo em uma manga três quaros, por exemplo.

Punho simples

É o punho sem dobra. É coenizado com entretelas mais firmes para ser tão encorpado quanto o punho duplo.

É abotoado com botão e casa. Pode ser de abotoamento simples, isto é, com apenas 1 botão, e também com dois botões, um em cada ponta. Na camisa social para trajes formais de alfaiataria masculina, os punhos usados são os de um botão.
14blogModacad-punho-simples
O punho simples, ao contrário do punho duplo, tem variações de modelos. Eles podem ser mais estreitos do que os punhos tradicionais de 5,5 cm de largura, com diferentes tipos de formas nas pontas que recebem o abotoamento. As pontas podem ter formato reto, chanfrado ou arredondado.
15blogModacad-punho-chamfrado-arredondado

Colarinho

.
O colarinho é a parte que fica costurada na camisa, junto ao decote, envolvendo o pescoço. A gola da camisa é presa à sua outra extremidade, de forma que quando dobrada, ela fica acomodada sobre o colarinho.

Entre a gola e o colarinho fica a gravata, presa pelo nó ajustado ao colarinho. Para que a gravata não fique engruvinhada sob a gola, desalinhando o conjunto das três partes, o colarinho deve ser rígido. Por isso colarinhos e golas são coenizados com entretelas de expessura maior, pouco flexíveis.

É o aspecto "emperdigado" destas duas partes de uma camisa que conferem a elegância e o look de distinção desta peça.

Isso vale também para as camisas mais esportes, que não são usadas sempre com gravatas. Sem gravata e até mesmo com o colarinho desabotoado, uma camisa de tecido plano sempre confere distinção a todos os tipos de peças, incluindo as mais informais, como uma calça jeans.

Golas

Ao contrário dos colarinhos, as golas ficam aparentes em uma camisa, em posição de destaque. Por isso ela tem maior variação de modelos.

As entretelas usadas atualmente nas golas são mais agradáveis do qua as usadas antigamente. Já não precisam ser tão inflexíveis, porque as golas muito formais podem ser mantidas sem dobras com o uso de paletas.

As paletas são pequenas tiras de acetato ou acrílico inseridas nas extremidades das golas para mantê-las armadas.

Gola inglesa

A gola ingleza nasceu com a alfaiataria moderna, no início do sec XIX, na capital ingleza. Ela tem as pontas longas e próximas do centro da camisa, formando o espaço para o nó da gravata como um triângulo de base pequena e vértices longos.
08blogModacad-blazers-gola-ingleza-1
Suas pontas longas precisam de entretelas muito encorpadas para não amassarem, ficando com aspecto de desalinho, inadimisível para a postura empertigada dos Dândis.

Gola clássica ou tradicional

É uma versão da gola ingleza um pouco mais prática e confortável. Com as pontas um pouco mais curtas e um pouco mais afastadas uma da outra, o espaço para o nó da gravata é mais confortável e o risco de dobras das pontas durante o uso é menor.
09blogModacad-blazers-gola-tradicional

Gola curta

A gola curta tem o comprimento das pontas bem menor do que a gola tradicional. Seu visual é mais moderno por ser mais versátil e mais confortável. Combina bem com gravatas estreitas, que também parecem ser mais leves e confortáveis.
10blogModacad-blazers-gola-curta

Gola americana

É uma versão da gola curta com botões nas pontas, fixando as pontas da gola na camisa. Botões estão ligados à ideia de praticidade e utilidade, por isso este modelo de gola tem aspecto mais informal e jovial.
11blogModacad-blazers-gola-americana

Gola italiana

Na minha opinião, a gola italiana é o modelo de gola que trouxe a mudança visual de maior destaque. Suas pontas são tão afastadas uma da outra, que a área do nó da gravata é um triângulo cujo vértice é tão baixo, que quase vira uma linha.
12blogModacad-blazers-gola-italiana
Eu particularmente acho este modelo lindo, original e moderno! O espaço para o nó da gravata é tão livre que pode ser usado com modelos de nós mais volumosos.

Bolsos de calças

bolsos frontais

Bolso faca
Bolso embutido de calça social, frontal,com a abertura bem próxima da costura lateral, começando pouco acima do quadril e terminando no cós da cintura. Tradicionalmente usado nas calças com prega na cintura, também é usado nas calças sem pregas.
16blogModacad-bolso-faca
.
Bolso embutido
Bolso embutido de calça social, com a abertura na costura lateral, começando no quadril e terminando um pouco abaixo do cós da cintura.

bolsos traseiros

Bolso traseiro besom
Bolso embutido, podendo ou não ter caseados e botões na sua abertura, por isso é também chamado de bolso casa. São localizados próximo à cintura, um pouco mais próximos da lateral. Os modelos de calça masculina podem ter um par destes bolsos traseiros, ou apenas um, em um dos lados.
17blogModacad-bolso-flap-besom
Bolso traseiro flap
É uma versão do bolso embutido besom, com uma lapela cobrindo a sua abertura. A lapela pode ter ou não um botão. São localizados próximos à cintura, um pouco mais próximos da lateral. Os modelos de calça masculina geralmente tem apenas um destes bolsos, em um dos lados da calça.

Na alfaiataria feminina eles são usados de muitas formas! Dos dois lados da peça e às vezes justapostos com outros bolsos e detalhes. E como de costume, contrariando as regras, na alfaiataria feminina podem ser usados até na parte da frente das calças, bermudas, shorts e saias.

Gostou deste post sobre "Glossário: elementos de alfaiataria"?

Não deixe de conferir também o primeiro post desta série sobre Alfaiataria "O que é Alfaitaria e qual é a sua origem" e as continuações no post "Alfaiataria Masculina e a representação do status social de reputação e poder aquisitivo" no post "Tipos de traje de alfaiataria e em que ocasião cada uma deve ser usada" e no nosso último post "Alfaiataria Feminina e a conquista das mulheres dos meios de produção de riqueza e poder"

Faça parte do nosso trabalho e deixe um comentário para nos mostrar como podemos melhorar. Compartilhe nosso post e ajude a divulgar o blogModacad.

Aproveite também para acessar o Modacad App e conhecer nossos modelos com moldes para o corte e costura. Faça mais! Experimente tecidos nos modelos para fazer suas criações.
O acesso é gratuito e ilimitado!

Acompanhe também nossas redes sociais no Instagram, Linkedin, Facebook, Pinterest e canalModacadYoutube

Author image
Criadora do Modacad. Responsável pelo desenho de modelagem para vários tipos de corpo.